Domingo , Novembro 19 2017
Início / Cultura / Museu de Arte Precolombiano de Santiago

Museu de Arte Precolombiano de Santiago

O Fascinante Museu de Arte Precolombiano de Santiago

Nós sabemos ( e recomendamos ) que você vai tirar um dia ou manhã das suas férias na capital chilena para explorar Santiago Centro, ou como muitos brasileiros preferem descrevê-lo: o Centro Histórico de Santiago. Desse modo, quando você se encontrar nos arredores da Plaza de Armas não deixe de considerar uma visita ao Museu de Arte Precolombiano de Santiago. Uma atividade que vai tomar mais ou menos 2 horas do seu precioso tempo, mas que vai enriquecê-lo com valiosos conhecimentos e informações de valores e culturas que datam de mais de 14.000 anos atrás. Fascinante não acha?

Chile antes de Chile – Exposição Permanete

Uma múmia ChinchorroNós do SantiagoDoChile.com simplesmente adoramos essa frase, que também é nome da exposição permanente  do museu de Arte Precolombiano de Santiago. Nesta sala do museu os temas abordados retratam um pouco do modo de vida no Norte Grande ( a região de extremo deserto ) onde pescadores da cultura Chinchorro tentavam a vida arriscando-se em busca de águas férteis distantes dos terrenos áridos do deserto, há mais de 8.000 anos atrás. Mesmo assim, um dos fatos mais interessantes do povo Chinchorro, e que talvez ainda não seja do conhecimento de muitos turistas brasileiros, é que eles já mumificavam os seus mortos muito antes dos egípcíos.

Já o destaque do estilo de vida da área mais ao sul, Norte Chico, região que no século XV foi tomada pelos incas, nos vales que conectam o oceano à cordilheira, onde o verde se fazia mais presente, iniciou-se o cultivo de plantas, também chamado de “domesticação das plantas”. Na Zona Central, o berço da cultura Anconcágua, há mais de 9.000 se vivia basicamente da caça de animais que hoje em dia já não habitam mais o planeta. Aqui a população também cultivava plantas e se destacava/diferenciava, no que diz respeitos aos hábitos culturais,  por esculpir cerâmica: vasos, pratos, potes etc… Foi neste setor onde os primeiros invasores espanhóis começaram a exploração.

Finalmente na Zona Sul, casa do atual povo Mapuche, há mais de 13.000 anos, a vida nômade cedeu lugar à vida sedentária quando os povos dalí passaram a se dedicar mais e mais ao seus plantios e cultivos. Esse mesmo povo Mapuche resistiu com bastante fortaleza à invasão dos espanhóis nos seus domínios. Um fato bastante ressaltado na história do Chile.

A Cultura Rapa Nui

Moai Museu de Arte Precolombiano de SantiagoComo não poderia deixa de ser o Museu de Arte Precolombiano de Santiago também expõe um pouco uma das características mais marcantes da cultura Rapa Nui: as esculturas, aqui o destaque são as estátuas antropomórficas de madeira que tinham profundo significado nos rituais religiosos dos Rapa Nui. As esculturas de madeira em exibição do Museu de Arte Precolombiano de Santiago são bastante similares às imagens em exibição no Museu Fonk, em Viña del Mar e simbolizam uma crença centrada numa visão espiritual, cósmica que amadureceu e se enraizou na cultura Rapa Nui por mais de 1000 anos.

Lojinha & Cafeteria

Depois disso tudo se você ainda ficou com gosto de quero mais, dá uma passada na loja do museu, a variedade de livros é bastante satisfatória, assim como lembrancinhas do museu que variam desde réplica das peças em exibição à cartões postais. No prédio do museu também há uma cafeteria charmosa, onde o pessoal geralmente toma uma pausa para bater papo! O ambiente é bem agradável. Mas, na verdade, a localização do Museu de Arte Precolombiano de Santiago é tão conveniente que os turistas brasileiros emendam o tour pelo museu direto com uma caminhada pelos arredores. Ora, há passos dalí está a Plaza de Armas, emoldurada por mais edfícios históricos, atividades culturais e infinitas cafeterias. Mas, a escolha é sua!

Informações Importantes sobre o Museu de Arte Precolombiano de Santiago

  • Estação de Metrô mais próxima do Museu Precolombiano de Santiago – Plaza de Armas ( linha vermelha)
  • Valor da Entrada 2016 – CLP 4.500
  • A entrada é totalmente livre nos primeiros domingos de cada mês
  • Horário de Funcionamento – de Terça à Domingo das 10:00 horas às 17:30.
  • Visitas Guiadas – Não há taxa adicional para esse tipo de visita, mas é necessário reservar o seu lugar no grupo através do email: reservas@museoprecolombino.cl
  • Datas que o museu não recebe o público – 1º de janeiro, 25 de março, 1º de maio, 5 de junho, 18 de setembro, 23 de outubro, 25 de dezembro.