Quinta-feira , Novembro 23 2017
Início / Dicas / O Quê Fazer em Santiago?

O Quê Fazer em Santiago?

o que fazer em santiago -2016

Monte o seu Próprio Roteiro

Se Perguntando O Quê Fazer em Santiago?

Caso você já esteja de malas prontas para a capital andina; mas, a correria com todos os preparativos, as contas e a empolgação da chegada das férias não lhe permitiram ainda planejar o quê fazer em Santiago. Nós do SantiagoDoChile.com organizamos aqui um roteiro com as atividades mais badaladas da cidade para que você possa conhecer e visitar os destinos mais populares desta afluente metrópole sul-americana.

Se você já passou pelo menos um tempinho pesquisando na net sobre a capital chilena, você já deve ter notado que os bairros por aqui são bastante definidos e diferenciados entre si. Nenhum é melhor do quê o outro, simplesmente cada um deles tem a sua própria “personalidade”. Então para que você possa conhecer algumas das várias faces da cidade mais procurada do Chile, nós organizamos uma seleção de atividades nas diferentes vizinhanças ( e arredores ) de Santiago para ajudá-lo a montar o seu próprio roteiro.

O metrô de Santiago é prático e seguro de usar e se você estiver hospedado próximo às estações a sua locomoção por entre esses destinos será incrivelmente prática. É provável que uma vez ou outra seja mais coveniente tomar um táxi; mas, na realidade, para aqueles turistas que não se incomodam em explorar novos destinos “à pé dois”, eles estão com sorte! Pois dentro dos limites de cada uma dessas vizinhanças, é possível se aventurar em diversas atrações, que se encontram bem pertinho uma da outra!

Para conhecer à fundo os detalhes de cada um desses destinos turísticos em Santiago, como chegar neles e ainda mais dicas para a sua viagem não deixe de clicar nos links dos artigos. Nós contamos tudinho, tudinho aqui para você!

Dia 1 – Santiago Centro

A Troca de Guarda em La Moneda Santiago ChileA gente acha que visitar Santiago do Chile e não visitar o centro histórico é o mesmo que ir pro Rio de Janeiro e não visitar o Cristo Redentor. Será se a gente está exagerando, hein? Bom, mas só para nos assegurarmos vamos começar indicando uma visita no meio da manhã (por quê o cotidiano aqui no Chile não começa muito cedo não) à Plaza de Armas e ao Palácio de La Moneda. Se possível, e se o dia da sua visita coincidir, não deixe de assistir a bela cerimônia de Troca de Guarda em La Moneda.

De lá dá para caminhar facinho, facinho até a vizinhança Santa Lucia, onde encontram-se: A Feirinha de Santa Lucia e o Cerro de Santa Lucia que ficam à um pulo do Museu de Bellas Artes, do Parque Forestal e do boêmio Barrio Lastarria. Aqui, no Barrio Lastarria, pare para descansar na Plaza Mulato Gil e planeje o seu almoço ou jantar no restaurante Mulato ou mesmo no requintado BocaNariz. Ao se encontrar nesses arredores não deixe de visitar o Centro Cultural GAM, um lugar de arquitetura belíssima onde a modernidade e cultura se fazem presente nas mais variadas formas. O GAM situa-se à passos da estação de metrô Universidad Catolica, onde você pode tomar o seu transporte de volta ao hotel e recarregar as baterias para o dia seguinte.

Dia 2 – Providencia

Vista desde o Sky CostaneraProvidencia é uma das áreas mais joviais, animadas e procuradas de Santiago. Esta é uma vizinhança queridinha não só dos turistas de férias na cidade, uma vez que está também no topo da lista de preferência dos expatriados vindo para o Chile de mala e cuia. Por isso mesmo a atmosfera aqui é tão esfervescente, dia e noite! Quando em Providencia, por quê não começar o dia com uma atividade que requer aquela dose de energia extra?

A oportunidade perfeita para queimar as calorias consumidas durante o café da manhã do hotel! Não pense duas vezes e dirija-se ao Cerro San Cristóbal, no Parque Metropolitano, chegue até o topo, desfrute da belíssima paisagem e tire um montão de fotos para o seu albúm de viagens.

Você vai se apaixonar por Santiago! Essa atividade levará algumas horas, principalmente se você decidir visitar o Zoológico, também no parque Metropolitano e explorar os arredores do Barrio BellaVista. Depois de tudo, se ainda lhe sobrar energia, retorne até a estação de metrô Baquedano e no percurso dedique aquela atenção extra à Plaza Itália, um marco da divisão social em Santiago e destino de grande valor político para os chilenos, assim como o Rio Mapocho. De lá tome o metrô até o Shopping Costanera Center, a parada é Tobalaba. As opções para um almoço no meio da tarde ou um jantar mais cedo aqui são infinitas. Sem falar na mais recente atração do shopping: O Sky Costanera. Um mirante no andar 62 da torre que oferece uma vista de 360 graus de Santiago. Abolutamente imperdível!

Dia 3 – Las Condes

Parque Araucano Bridge

Para quem gosta de ir às compras, Las Condes é uma boa opção. Os inúmeros shopping-centers dessa vizinhança de Santiago não só oferecem lojas para todos os gostos, estilos e orçamentos; mas também abrigam alguns dos mais requintados e renomados restaurantes da capital. Para aqueles que não dispensam entrar em contato com a natureza, o parque urbano Parque Araucano é um destino lindo, seguro e mais do quê agradável para começar o dia. Uma caminhada pelos terrenos deste lugar com a vista da Cordilheira dos Andes ao fundo é no mínimo revigorante. Seja inverno ou verão em Santiago este parque se faz perfeito para tirar fotos e levar a criançada para correr ou aventurar-se em Kidzania ou Selva Viva. Em seguida, atravesse a rua Cerro colocado e dirija-se ao shopping center Parque Arauco, hoje em dia, muito mais do quê um destino para fazer compras em Santiago, este complexo de loja tornou-se também um destino turístico, que por sinal recebe muito bem os viajantes vindos do Brasil.

Finalize o seu dia visitando as belas ruas do Bairro El Golf, também pertencente à comuna Las Condes, este bairro é conhecido pela sua sofisticação e finesse, ao perâmbular por esses arredores, não deixe de procurar um restaurante para um jantar requintado, termine a noite com muito estilo e escolha um dos infinitos nomes da gastrônomia da capital chilena na Av. Isidora Goyenechea, cujos inúmeros restaurantes são frequentados principalmente pela elite residente no país. Coquinaria, Tiramisú, Pasta y Basta são só alguns exemplos. 

Dia 4 – Vinícolas Chilenas

visitando-a-vinicola-emilianaSe você tem 5 dias para explorar a capital do Chile é indispensável uma visita às vinícolas próximas a Santiago. Não deixe de conhecer um dos aspectos mais fascinantes da cultura chilena: O fascinante universo dos vinhos. O Chile é um país com tantas riquezas que fica até difícl decidir o quê fazer por aqui mesmo quando você tem alguns tantos dias na capital.

Mas, se a sua pedida é não ir muito longe não tem problema. Contrate um tour pelas vinícolas mais próximas à capital e você estará de volta ao seu hotel no final do dia. Esses tours são relativamente baratos, dependendo, é claro, da agência que você escolher. Há também a opção de ir por conta própria.

A gente conta tudo para você nos nossos artigos sobre tours nas vinícolas mais procuradas pelos brasileiros hoje em dia: a Vinícola Undurraga e a Vinícola Concha y toro. Mas, se você faz o tipo do turista que gosta de furgir do óbvio, nem que seja um pouquinho. Nós contamos para você sobre como são os tours na Vinícola Emiliana e Vinícola Santa Rita. É, a gente se dedica não só em tentar orientá-lo com o melhor sobre o quê fazer em Santiago, como também oferecer escolhas dentro de uma mesma categoria! Nós respeitamos o fato de quê cada turista tem a suas particularidades, preferências e exigências.

Dia 5 – Cordilheira dos Andes. Faça Neve ou Faça Sol!

visite-valle-nevadoEste é o seu quinto dia na capital do Chile. Você já visitou os bairros mais populares, já explorou os pontos turísticos mais conhecidos da capital, esteve em museus, centro culturais, bairros históricos, parques urbanos, vivenciou o lado mais popular e sofisticado desta maravilhosa cidade, saboreou a gastrônomia chilena, degustou vinhos e viu de perto o dia-a-dia desta movimentada e elegante capital sul-americana.

Mas, espere aí! Nem perca tempo se perguntando: “E agora? O quê fazer em Santiago no resto dos meus dias?” À menos de 50 Km de distância de Las Condes encontra-se a belíssima Cordilheira dos Andes. Destino indispensável em qualquer mês do ano. Pois ao contrário do quê muito turistas brasilieros, talvez, imaginem, Valle Nevado no Verão é igualmente imperdível!  No entanto, neste caso, é muito mais prático contratar uma empresa turística para levá-lo até o topo dos mais de 3.000 metros de altura que lhe espera com paisagens fascinates. Se o mês da sua viagem cair no período que as estações de esqui estão em pleno funcionamento.

Aí sim, esta é uma atividade indispensável! Várias empresas turísticas oferecem pacotes de um dia de esqui em Valle Nevado. Esta não é uma atividade barata, ao redor de CLP 100.000, mas só pela experiência vale muito à pena. Contudo, se esquiar não é a sua pedida, ainda é possível visitar Valle Nevado por CLP 35.000, aproximadamente. Passar o dia na montanha nevada, tomar um chocolate quente, tirar um montão de fotos e aumentar a sua coleção de lembranças gostosas da sua viagem ao Chile durante um Tour Panorâmico na cordilheira dos Andes.

Dia 6 – Embalse el Yeso

nao-perca-o-embalse-el-yesoAo viajar para Santiago os turistas brasileiros podem satisfazer todos os tipos de interesses. Para os viajantes ávidos em conhecer mais e mais da vasta natureza chilena, uma outra opção cheia de deslumbre e não muito longe da capital é o Embalse el Yeso. Um pequeno paraíso situado na pequena San José del Maipo. Embalse el Yeso é um vale pontuado por imponentes montanhas, com os picos coloridos pela neve, que emolduram o lago de um azul tão cristalino que mais parece pintado à mão.

É recomendado reservar todo um dia das suas férias na capital para esta visita que todos, sem exceção, descrevem como inesquecível. Muitas empresas turísticas diariamente levam viajantes para o Embalse el Yeso; é possível também chegar lá por conta própria. Entretanto, as vias de acesso, muitas vezes,  apresentam-se complicadas, principalmente para quem não conhece a área. O nosso artigo sobre o Embalse El Yeso descreve detalhadamente a área, os arredores, o tema do transporte e deixa muitas dicas para que o seu passeio não tenha nehum imprevisto ou contratempos.

i-descobrindo-chileSe você tem mais dias para explorar a capital do Chile e por isso mesmo a pergunta: o quê fazer em Santiago? Ainda visita os seus pensamentos. Não pense que nós do SantiagoDoChile.com vamos deixar você não mão. O Bairro Itália, por exemplo é cheio de restaurantes oferecendo o quê há de melhor na gastronomia local. Vitacura é também uma vizinhança que cada vez mais acomoda os turistas que gostam de curtir o dia ou mesmo à noite nas grandes cidades. E por falar em curtir a noite, não deixe de reservar um jantar à dois, ou com o seu grupo de amigos no badalado Patio Bellavista. Mas se a sua pedida é explorar outras cidades, como bom brasileiro que você é, um dia para conhecer Valparaíso e Viña del Mar com certeza vai está na sua lista de o quê fazer em Santiago! Fica a dica!Ao viajar para Santiago os turistas brasileiros podem satisfazer todos os tipos de interesses.

whatsapp santiago do chileFicou com vontade? Esses são apenas alguns dos vários passeios que os turistas brasileiros estão curtindo de montão com a galera da DESCOBRINDO CHILE. Agende o seu passeio com o Rodeny agora mesmo! Não fique de fora!